Resenha: Entre o Agora e o Nunca

Entre o Agora e o NuncaLivro: Entre o Agora e o Nunca

Autora: J. A Redmerski

Editora: Suma de Letras

Basicamente, o que eu sabia ao receber o meu exemplar de Entre o Agora e o Nunca é que se tratava de um livro classificado como “new adult” (uma espécie de “upgrade” do bom e velho “Young adult” – aqui os personagens são mais velhos e passam por outras questões existenciais) e que não possuía nem um aspecto sobrenatural (apesar de a capa ter inicialmente me levado a cogitar algo do tipo). Portanto, posso dizer que acabei me surpreendendo linha após linha, palavra após palavra.

Aliás, antes de entrar no conteúdo do livro propriamente dito, preciso destacar essa capa linda! Sério, gente! Fiquei apaixonada por essa arte! (#prontofalei)

“Esta é a sua vida, Camryn Bennet. Esta é a sua vida.”

O livro conta a história de Camryn, uma jovem que está passando por diversos problemas – desde a morte traumática de seu namorado, até a perda da confiança da sua melhor amiga. Cansada de tentar lidar com isso tudo, ela resolve entrar em um ônibus rumo a um estado aleatório dos Estados Unidos – assim, sem ter nada planejado mesmo (claro que você faria uma coisa dessas aqui no Brasil!).

Porém, essa viagem acaba sendo menos solitária do que ela previra… Em uma das paradas ao longo do caminho, a mocinha acaba conhecendo Andrew, um rapaz inteligente e com um humor bastante peculiar, que luta contra os seus próprios fantasmas.

“Não existe viagem de ônibus ruim quando você está na companhia de uma coisa linda.”

Assim, à primeira vista, a premissa pode soar como mais uma road trip ou mais do mesmo, mas as semelhanças com as outras obras do gênero param por aí! A escrita de Redmerski é bem poética e envolvente e nos conquista a cada página virada.

A narração sob o ponto de vista de ambos os protagonistas só nos ajuda a termos ainda mais empatia com eles – e podem suspirar aliviados: esse não é um livro repleto de “mimimis”, mas sim, de diálogos rápidos e sagazes e situações ora divertidas, ora comoventes. Uma verdadeira delícia de ler!

“Duas pessoas incapazes de chorar finalmente choram juntas, e se o mundo acabasse hoje, estaríamos realizados.”

Outro fator que deixa o livro ainda mais “cool” é o fato de Andrew ser um fã inveterado de rock clássico. Apesar de não ser muito entusiasta desse gênero musical, acabei “dando o braço a torcer” e procurei escutar algumas das músicas conforme elas iam sendo citadas – experiência aliás, que recomendo bastante. Acreditem, parece que estamos ali, viajando com eles dentro do Chevelle de Andrew!

Quanto ao enredo, acredito que a autora conseguiu costurar bem toda a trajetória dos personagens (tanto física quanto psicológica) e criar um desfecho satisfatório, capaz de nos deixar com um sorriso no rosto. Porém, descobri que o livro terá uma continuação, chamada The Edge of Always. De acordo com a autora, o segundo volume também será alternado entre Camryn e Andrew, mas desta vez o rapaz terá mais destaque – inclusive na capa, que conterá uma “foto” dele. Oremos para que ele faça jus ao primeiro!

Não há desculpa para vocês não conferirem essa bela história de amor, descoberta e superação (no sentido não-brega da palavra)! Podem acrescentá-lo na lista de desejados!!!

“Infringi todas as regras… Cada. Uma. Delas”.

*Vale ressaltar que o livro possui algumas cenas, digamos, “calientes”. Eu não recomendo para menores de 16 anos, pelo menos, mas fica a seu critério!

Gostou da nossa resenha? Então aproveite a oportunidade e compre o seu exemplar de “Entre o Agora e o Nunca” pelo link do Bookeando e nos ajude a manter o site!

About Sabrina

Paulistana, geminiana, curiosa e irrequieta. Prefere a cidade ao campo, mas o campo à praia. Gosta de música, tecnologia, livros e cappuccino. Na sua bolsa nunca faltam o iPod, o celular e, é claro, a leitura do momento.